Tudo começou às 8h30 do dia 16 de Outubro de 2014.
Para um ótimo começo, passamos por uma cidadezinha alemã chamada Fredericksburg, ficamos muito tentados a tomar um café e conhecer melhor o lugar, mas como tínhamos começado viagem a pouco tempo, decidimos seguir em frente e quem sabe conhecer na volta.

Andamos mais um pouco e chegou a primeira vez de abastecer. Deu 35 dólares, não muito mais barato do que em Austin, praticamente a mesma coisa. Então fiquei sem esperança de ter economia no que diz respeito a gasolina (apesar de ser 3 vezes mais barato do que no Brasil). As cidades que passamos por enquanto, são bem típicas texanas, bem como nos filmes. E como está perto do Halloween, o visual está ainda melhor! Muitas casas com decorações promoções de abóboras gigantes nos supermercados.

Paramos para ir ao banheiro e comer algo. As pessoas são muito simpáticas e prestativas, impressionante como somos cumprimentados em todos os lugares e nos ajudam a fazer qualquer coisa, até mesmo encontrar o “restroom”. Na estrada, temos como companheiros vários motoqueiros e caminhoneiros, praticamente não vemos carros de passeio. Nosso café da manhã foi louco. Eu (Daniel) comi uma fritura qualquer que chamavam de burrito e pra fechar, completamos com um pães que trouxemos de casa e tomamos um café extra cafeinado que nos custou um total de 3 dólares e várias horas de pilha.

Nem preciso comentar o quanto demos sorte com o clima e com o céu azul.As estradas são completamente diferentes das estradas no Brasil, quase sempre duplicadas, mas com o mesmo problema de bixos mortos, um monte de guaxinins, Bambis e tatus.

Paramos em uma “rest area”. Um lugar no meio da estrada desértica que mais parecia uma miragem. Banheiro limpo e água fresca a custo zero! Mais tarde fomos almoçar num restaurante Mexicano no meio do nada. Uma comida bem caseira que parecia ter saído da cozinha da minha tia. A moça tinha certeza que a gente era mexicana no momento em que entramos pela porta e o idioma falado naquele momento é ainda desconhecido: uma mistura de espanhol com inglês e portunhol.

Após várias horas de estrada o sol começou a castigar, estávamos em El Paso. Uma cidade completamente em construção, com um trânsito absurdo e pessoas loucas dirigindo! Bem, essa foi a impressão de El Paso em 1h30 de trânsito. Rumo a Las Cruces, ficamos quase sem gasolina! hahahaha Acabei “perdendo” duas “gas stations”, mas deu tudo certo, Jully que estava quase morrendo de preocupada. Ah sim! Quase esqueci, saca esse por-do-sol! (Imagem 1 / Imagem 2)

El PasoIMG_1888

Vamos dormir onde!? Foi a primeira pergunta após conseguir colocar a gasolina no carro! hahahaha fomos atrás de hotéis de beira de estrada e quase ficamos em um lugar que o indiano não falava nada de inglês! Tenso resolver as coisas! Mas no final da contas, consegui uma maravilhosa host através do App do Couch Surfing! Expliquei minha situação e pedi abrigo, em 30 minutos ela respondeu e conseguimos um lugar para ficar de graça! Sem contar as histórias e conversas!

Las Cruces!

IMG_20141017_071851617

Essa viagem está muito louca. Espero não morrer na ida.
(Desculpem pelo texto engasgado, mas estou muito cansado e praticamente só fiz estender os pontos que tinha anotado no celular, era uma listinha de acontecimentos.)

Da para ver algumas imagens no meu instagram: http://instagram.com/danielxavier89
Meu celular morreu, depois eu coloco as outras fotos aqui no post mesmo.

HASTA LUEGO!

Privacy Preference Center