Hoje o Daniel acordou meio doente, uma rinite meio bizarra. Eu também não acordei tão bem, tenho impressão que por causa das mudanças de clima meio brutais. Agora aqui em Vegas está fazendo muito calor de dia e à noite esfria pra caramba. O tempo é bizarramente seco, lembrou um pouco Brasília na pior época.

Como Vegas é uma cidade mais noturna, descansamos um tempo e saimos mais tarde. Comi um pedacinho de lasanha oferecida pelos nossos hosts e fomos conhecer mais um pouco da strip. Na verdade não queríamos passar tanto tempo nesses passeios de turista mas é basicamente o que tem pra fazer por aqui.

IMG_3513

Eu queria na rolling wheel, uma espécie de roda gigante, muito gigante, que fica no meio da strip e em que dá pra ver a cidade inteira. Maaas o Daniel não conseguiu vencer o medo de altura, e além disso é bastante caro pra entrar e não íamos aproveitar tanto assim. Resolvemos então ir pra outro ponto de observação na cidade, a torre no Stratosphere hotel. É impressionante a altura, são 110 andares e de qualquer ponto da cidade você consegue ver a torre. É meio carinho pra entrar também, 20 doletas por pessoa, mas lá dentro tem restaurantes, bares e um parque de diversões (!) assustador, com aqueles elevadores que despencam lá do alto, e uns brinquedos em que as pessoas ficam do lado de fora do prédio. É claro que não tivemos as manhas de ir em nadinha. Na saída a gente chegou à conclusão de que não podíamos ir embora de Vegas sem um joguinho ao menos. Enfiamos um dólar na máquina e apertamos qualquer coisa sem ter ideia nenhuma do que estávamos fazendo! O pior é que de primeira parecia que íamos ganhar alguma coisa, mas o saldo final foi de menos 2,80 obamas. Paciência… Azar no jogo.

IMG_3523

IMG_3535

IMG_3543

IMG_3553

IMG_3621

IMG_20141028_182635588

Depois seguimos a dica da Tetê, a maior baladeira de Vegas, e fomos avacalhar no Coyote Ugly, um bar meio tosco mas bem engraçado, em que as bartenders chamam a galera pra interagir e participar de umas brincadeiras muito constrangedoras, que envolvem pegar uns shots do chão e da boca de pessoas desconhecidas. Zuêra total!

Fiquei bebinha com apenas 1 bom drink e aí lembramos que estávamos sem comer há bastante tempo. Ah! Esqueci de dizer que o bar fica também dentro de um hotel/cassino, como absolutamente TUDO em Vegas. O nome desse hotel é “New York New York” e tudo lá dentro tem essa temática. O local dos restaurantes é tipo uma miniatura de Nova Iorque, com os nomes das ruas e tudo mais. Optamos por um hamburger brutal de bom. É legal como aqui nunca tenho que me preocupar se as hamburguerias têm opções vegetarianas. Depois fomos rolando pra casa descansar, porque amanhã é dia de estrada novamente.

IMG_3624

Privacy Preference Center